quinta-feira, abril 28, 2005

80

17 Comments:

At sexta-feira, 06 maio, 2005, Anonymous Manuel Silva said...

Antigo Palácio do Governador (Spínola). Estado de degradação em que ficou depois do conflito de 1998/1999.

 
At segunda-feira, 23 maio, 2005, Anonymous cristinha said...

Pensei que fosse proibido tirar fotos deste palácio.

 
At terça-feira, 24 maio, 2005, Blogger Carlos Galveias said...

Pois, não é fácil tirar fotos a este edifício... tive sorte :)

 
At quinta-feira, 28 julho, 2005, Anonymous Anónimo said...

Palacio Presidencial el cual no lo restauran porque el gobierno de guinea prefiere que le hagan otro nuevo y asi poder chupar mas dinero para poder enviarlo a europa a sus cuentas corrientes

 
At terça-feira, 02 agosto, 2005, Anonymous Anónimo said...

Sim senhora!!!!
O sr que escreve em Castellano está certíssimo!
E ainda por cima estes têm a petulância de criticar o governo anterio!!!
Ora aí está!!!
Está-se pior que antigamente!
Tristeza!!!!

 
At domingo, 04 dezembro, 2005, Anonymous Irley said...

Olha, uma das coisas que mais me revoltou durante a guerra civil de 1998, foi a destruição do palácio presidencial. Este edifício não peretence ao Nino Vieira, mas sim ao Estado, porque diabos, a junta militar o destruiu? Eu assisti a destruição deste edifício, estava refugiada com a minha familia num local ao pé. Foi horrivel. Que a paz (social, política, económica, etc.) volte depressa a Guiné.

 
At quinta-feira, 07 setembro, 2006, Blogger Rui Vieira said...

Ja estive dentro desse palacio, ha uns 5 anos atras, tinha eu 23 anos. Sou POrtugues e vivi em Bissau uns 2 anos. Fui a cave onde se encontravam la pilhas de granadas, morteiros... enfim, foi engraçado conhecer o militar e fazer-me uma visita guiada.

 
At sexta-feira, 13 julho, 2007, Blogger Cunha Leão said...

Destruir o que os Portugueses fizeram, é tão simples como dar um mergulho ... !!!
Uma tristeza ... !!!
Quem conheceu o "colonialismo", deve ter saudades dessa época ... !!!

 
At terça-feira, 11 setembro, 2007, Anonymous R.Troisband said...

Só posso fazer o comentário de quem conheceu o edifico em 1971. Perfeito no estilo e no destino. Em frente a ele ouvi dezenas de vezes o som do clarim e olhei a Bandeira Portuguesa que subia no mastro. Com muito orgulho e pensando "pelo menos enquanto aqui estivermos ainda tem de comer".

 
At sábado, 01 dezembro, 2007, Anonymous johnny from tchada said...

tem gente que ainda não engoliu o fim do colonialismo. tá na hora de acordar senhores, portugal já era! e não adianta se abster da culpa, hoje é consequência de ontem, portugal tem sua dose de culpa em tudo que acontece na guiné.

 
At sábado, 01 dezembro, 2007, Anonymous Anónimo said...

para o amigo johnny from tchada: esse complexo já não pega... o complexo de coitadinhos é muito injusto... principalmente para o povo africano, nomeadamente o da Guiné... o tempo não parou... o contador de datas prossegue... com todos os erros realizados por terceiros no passado, o que é feito hoje? Guiné corre o risco de se tornar num país adiado... mas agora por culpa MUITO própria, diria mesmo por culpa exclusiva! Comecem a arrumar a casa - por dentro. Abandonem a passividade e ponham os vossos "politicos" a andar... digam-lhes que já chega!! Chegou a vez do povo... e isto pode ser realizado sem complexos... já não fica bem... digo eu...

António Simões Carvalho

 
At terça-feira, 01 janeiro, 2008, Anonymous Anónimo said...

Olá eu sou,Junior,fazem 3 messes que cheguei de bissau,morei 8 anos lá,e quero falar que lá nesse palacio hoje não tem mas nada,porque hoje lá é uma casa de mulçulmanos,q pra eles é casa de,oração e prostituiçãio.

 
At quarta-feira, 29 outubro, 2008, Anonymous Anónimo said...

Lamento sinceramente o estado em que se encontra o ex-Palácio do Governo. Fiz ali dezenas de serviços.Para quem conheceu bem aquela cidade e agora vê o estado em que se encontra,custa muito.
Mas pronto, já era-

 
At sexta-feira, 06 fevereiro, 2009, Anonymous Anónimo said...

simbolo da nossa selvageria

 
At terça-feira, 19 maio, 2009, Anonymous Anónimo said...

O Governo Português também é culpado, em vez de dinheiro que só enche os bolsos de alguns militares devia enviar toda a ajuda em genero e distribuida por Portugueses.É vergonhosa a situação da Guiné; deviam ter vergonha todos os que a governaram da independencia até hoje. Todos os Países têm algo para mostrar, ai arrasaram a unica coisa que havia para mostar. Zé Gouveia "Ex conbatente"

 
At sábado, 22 agosto, 2009, Anonymous F.da Cunha Leão said...

Concordo inteiramente com José Gouveia.
Só acho que não se deve ajudar nada, quem nada quer fazer.
Na época colonial, não havia fome, e a população vivia feliz ... !!!
Cunha Leão
Ex-combatente (2º ten. Fuzileiro)

 
At terça-feira, 29 dezembro, 2009, Blogger MacPoirier said...

Guiné está na miséria por culpa dos políticos que só pensam na barriga deles e o povo que passe fome de cão. É uma vergonha. Num País que os militares matam um presidente e não se passa nada, dá muito que pensar. Meter a cabeça na areia é fácil.

 

Enviar um comentário

<< Home